Epílogo e o Evangelho segundo Heilel Ben-Shachar

Ir em baixo

Epílogo e o Evangelho segundo Heilel Ben-Shachar

Mensagem por Shox em Sab Mar 24, 2018 1:20 am

Epílogo e o Evangelho segundo Heilel Ben-Shachar

"O Senhor dos Exércitos o planejou para abater todo orgulho e vaidade e humilhar todos os que têm fama na terra."



O que é ser um deus?

Muitos são os seres que se vangloriam de seus poderes. Julgam a si mesmos como supremos ou grandiosos demais para serem subjugados por quem quer que se seja. Chamar-se a si mesmo de deus, ou até mesmo ser reconhecido como tal, te torna poderoso o suficiente para escapar a certas leis? O que rege nossas ações e moral está amparado apenas em poder pessoal?

Não importa o quão poderoso seja, só uma existe uma coisa imortal e acima de todos os demais: A Justiça! Nada é mais forte que ela e até os assim chamados de deuses estão sob seu julgo. Seja por mim, ou, por qualquer outro meio, ela agirá de uma maneira ou de outra.

"Escreva: O ímpio está envaidecido; seus desejos não são bons; mas o justo viverá por sua fidelidade."

Juntei-me nessa batalha não só como representante da sagrada justiça, mas também como um filho de Zandor que sou. A máscara representante da imparcialidade da luz divina precisava ser tirada. Não há mais necessidade para ela a partir de agora, pois encaro os ímpios como ser integrante deste mundo.



O dragão do pecado da vaidade e orgulho sucumbiu perante a ela. A fidelidade aos bons princípios fundadores dos povos livres de Zandor venceu a tirania de Varkatosh. Assim, a boa notícia se espalha com furor. A ameaça se afasta momentaneamente, uma paz se estabelecerá agora, mas sei que só é possível existir um tipo de paz, a paz armada.

O mal existe e sempre existirá. No ermo, na floresta, no deserto, nas grandes cidades, nos outros e no mais remoto canto de nossas próprias mentes. O espírito justo deve permanecer vigilante sempre, pois o mal maior apenas foi afastado temporariamente, e dia virá em que precisaremos erguer espadas para o mais sangrento e cruel dos combates novamente, bem como para exercer a mais severa vingança em busca de justiça.



Em verdade, digo, a vigia e o trabalho do justo neste mundo nunca haverá de acabar. Continuarei vigiando e punindo o mal onde quer que o encontre, onde quer que ele se esconda, para onde quer que ele fuja. A estrela flamejante do meu escudo é minha guia, e assim promulgo: Ai daquele que andar e praticar o mal de forma deliberada e viciosa, pois a balança será equilibrada em peso com o sangue dos inocentes vilipendiados, e a sua vida se transformará em inferno como medida de justiça pelas minhas mãos.



"Ergam os olhos e olhem para as alturas. Quem criou tudo isso? Aquele que põe em marcha cada estrela do seu exército celestial, e a todas chama pelo nome. Tão grande é o seu poder e tão imensa a sua força, que nenhuma delas deixa de comparecer!"

O chamado de justiça sempre deve atendido.



(Heilel continuará agindo como um justiceiro até o fim dos seus tempos. Seja perseguindo Rictus para puni-lo ou para expurgar os demônios que habitam Heim e o antigo continente dos orcs.)
avatar
Shox
Escritor

Mensagens : 104
Data de inscrição : 29/11/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum